Carregando...

Compra 100% Discreta

Manual do Orgasmo Masculinopor Leonardo Honda

Vamos falar sobre Orgasmos

Longe de parecer simples, o orgasmo masculino é alvo de estudos cada vez mais freqüentes em diversos centros de pesquisas ao redor do mundo. Considerando que os problemas que envolvem o orgasmo sempre parecem atingir as mulheres, estudos indicam que cada vez mais, há um interesse maior por parte dos homens em relação ao próprio corpo.

No que diz respeito ao próprio prazer sexual, os homens descobriram que precisam entender como funciona o seu corpo para atender as necessidades de sua parceira (o).

Embora não seja freqüente, homens procuram cada vez mais ajuda de especialistas para ajudá-los com um tema especifico: o orgasmo.

Sabemos que o orgasmo é o ápice do prazer sexual. Ele é atingido após a estimulação direta ou indireta do pênis através da atividade sexual ou masturbação. Homens costumam se masturbas bem mais que as mulheres, pois para eles, é uma necessidade fisiológica, pois o corpo esta constantemente produzindo esperma e há uma necessidade em renovar esse estoque.

Existem alguns conceitos que circulam pela internet que infelizmente trazem informações defasadas em relação ao orgasmo masculino. Precisamos entender que há uma constante mudança nesse aspecto e é necessário estar atento às diferenças e informações divergentes.


Os Tipos de Orgasmos

Homens podem ter vários tipos de orgasmos. Passando pelo orgasmo tradicional até os orgasmos múltiplos. Entre eles, destacam-se também, o orgasmo do ponto G, o orgasmo total e o orgasmo seco. Vamos abordar um pouco sobre cada um deles.

Tradicional

Alguns homens ainda acreditam que orgasmo e ejaculação são a mesma coisa. É preciso entender que um não depende do outro para acontecer, embora a ejaculação sem orgasmo seja mais raro. A ausência do orgasmo denomina-se anorgasmia. Já o orgasmo sem ejaculação ocorre com mais freqüência. O orgasmo é o ápice do prazer sexual. A ejaculação é uma resposta fisiológica que se caracteriza pela expulsão do esperma. Por ocorrerem simultaneamente, alguns homens acreditam se tratar da mesma coisa. Ledo engano.

Orgasmos Múltiplos

Ao contrário do que muitos pensam esse privilégio não é restrito as mulheres. Sabendo que orgasmo e ejaculação são coisas distintas, fica claro que isso não é nenhuma afirmação sem fundamento. Um garoto provavelmente já deve ter tido um orgasmo sem ejacular em algum período da sua pré-adolescência. É muito comum nessa fase, os meninos se masturbarem constantemente mesmo após terem atingido o orgasmo. Isso acontece porque quando não há ejaculação, não ocorre o que chamamos de período refratário. Em que o homem precisa de um tempo para recuperar a ereção.


Quando o homem obtém pleno controle do músculo PC (Músculo Pubococcígeo, que se estende desde o osso púbico até o cóccix formando o assoalho da cavidade pélvica, apoiando os órgãos pélvicos) ele pode facilmente barrar a ejaculação e liberando somente orgasmo. Dessa maneira, ele se livra do período refratário tornando-se um homem multiorgástico.

Não há dúvidas que o orgasmo é o prazer físico mais intenso e desejado que um ser humano pode experimentar. O homem pode aprender a ter vários orgasmos múltiplos sem ejacular. Eles costumam ser mais fortes e intensos. Ele consegue dessa forma, substituir o prazer momentâneo, pelo prazer do orgasmo múltiplo, que além de durar mais tempo do que o orgasmo tradicional aumenta a energia e a sensação de bem estar, ao contrário do orgasmo ejaculatório que produz os efeitos inversos.

Infelizmente, a maior parte dos homens desconhece esse potencial e se focam apenas em chegar rápido ao clímax e ejacular para cumprir o seu papel.

É raro encontrarmos homens multiorgásticos no ocidente. Já na cultura oriental, isso é muito comum. O conhecimento e técnicas do orgasmo múltiplo masculino e do orgasmo não ejaculatório são antigos e podemos encontrar muitos relatos e referências na literatura tântrica e na história dessas culturas.

Quando mencionado pela primeira vez nos Estados Unidos, o orgasmo múltiplo masculino foi reconhecido como uma anomalia. Isso no final da década de 30. Somente a partir da década de 70 aceitaram o fato de que homens poderiam afinal, obter orgasmos múltiplos.

Muitos livros foram lançados a fim de divulgar e veicular as informações. Eles indicavam a necessidade de realizar alguns exercícios para o controle do músculo pubococcígeo. É ele que na ejaculação, se contraí para levar o sêmen através do pênis para ser expelido. Como o orgasmo múltiplo masculino depende de um domínio e de um músculo PC forte, a maior parte dos exercícios mencionados visam fortalecer esse músculo.

Para um homem se torna multiorgástico, ele precisa desenvolver a sensibilidade e a potência sexual. Mas nada disso se consegue sem um mínimo de treinamento. Ele pode ter inúmeros orgasmos sem perder a ereção, porém, é necessário desenvolver toda uma técnica. Essas técnicas empregam exercícios para o controle da respiração e o fortalecimento dos músculos da região pélvica, que são responsáveis pelas contrações da pelve durante um orgasmo. Dessa maneira, o homem pode ter ereções mais firmes intensificando seus orgasmos e consequentemente, aprendendo a definir o orgasmo da ejaculação. Os orgasmos secos costumam ser muito superiores em relação ao orgasmo tradicional, onde ocorre a ejaculação.


Exercícios / Músculo PC

Todos os músculos próximos da virilha, abdômen, coxas, nádegas e PC podem parecer um só. Por isso, a maneira mais simples de encontrá-lo, é isolar o músculo de todos os outros. Para encontrá-lo, imagine que esta urinando e pare o fluxo. O músculo PC é exatamente esse que você usou para interromper o fluxo. É importante que todos os outros músculos estejam relaxados.

  • 3 vezes por dia, contraia 20 vezes o músculo PC.
  • Segure por 1 ou 3 segundos a cada vez e depois solte.
  • Respire normalmente durante os exercícios.
Importante:

- Como todo músculo, ele pode ficar dolorido após uma sessão de exercícios.

- A partir da quarta semana, além das 20 contrações, 3 vezes ao dia, você pode acrescentar mais 10 contrações longas. Em 5 segundos, tente contrair lentamente o músculo PC o mais firme que conseguir. Mantenha a contração durante 5 segundos se possível. Feito isso, vá descontraindo lentamente durante mais 5 segundos. Pode ser complicado apenas no início, mas a prática vai ajudar a chegar lá.

- Você pode realizar esses exercícios em qualquer lugar, durante o trabalho, durante a aula ou até mesmo assistindo televisão.


O Ponto G Masculino

Existem muitos estudos que sugerem que homens não têm Ponto G. Outros, ainda mencionam o Ponto G masculino como sendo o frênulo do pênis. Embora muitos entrem em contradição quando o assunto é ponto G, podemos afirmar que o Ponto G masculino existe e nada mais é do que a próstata.

Localizá-lo nem sempre é fácil, principalmente quando o homem não conhece direito o próprio corpo. A próstata é uma glândula que se localiza próxima a uretra masculina. Sua real função é produzir um liquido seminal que se misturam com os espermatozóides produzidos nos testículos para forma o sêmen. Ela é do tamanho de uma noz e se encontra diretamente abaixo da bexiga, próxima da raiz interna do pênis. Devido a sua localização, próxima a parede retal, ele permite acesso fácil através do ânus.

O que talvez muitos homens não saibam, é que a próstata, também é responsável pelo prazer sexual dos homens. A filosofia tântrica considera o Ponto G Masculino sendo o centro sexual emocional do homem. A massagem na próstata em conjunto com a estimulação peniana pode levar um homem a loucura.

Apesar de ser possível localizar a próstata através do períneo, a maneira correta de estimular o ponto g masculino, é introduzindo um dedo no ânus, o que pode ser desconfortável se o homem não estiver relaxado ou não possuir uma mente aberta. Para aqueles que se aventurarem nesse desafio e superar barreiras e preconceitos, os benefícios são muitos e o prazer pode ser realmente intenso. Para casais praticantes do tantrismo ou íntimos o bastante um do outro, massagear o ponto G masculino pode ser uma experiência poderosa. Não apenas em termos do incrível prazer de quem recebe, mas também ao empoderamento sexual que isto proporciona a quem fornece.


Orgasmo Total

O orgasmo total pode ser experimentado tanto por homens quanto por mulheres. Não existem técnicas que levam ao orgasmo total. O segredo, é a entrega total para o ato de ambas as partes. Quando existe insegurança ou até mesmo falta de intimidade, não há uma entrega total e isso acaba limitando a força do orgasmo derrubando a libido e a autoconfiança.

O orgasmo total pode ser atingido até sozinho, durante a masturbação. Para os homens, um período de abstinência somado a uma entrega total para o ato, pode levar a um orgasmo poderoso que pode durar mais que um minuto e gerar espasmos involuntários no corpo todo.

Quando falamos em entrega, é realmente estar vivenciado o ato, segundo a segundo, sentindo o prazer percorrer o corpo todo, se permitir gemer, se permitir sentir prazer sem culpa. Esse momento tem que ser único e é preciso que você se desligue do mundo exterior. Quanto mais relaxado estiver para o ato, e quanto maior for a sua entrega para o momento, melhor e mais intenso será esse orgasmo.

O orgasmo total é mais longo e intenso que um orgasmo regular, o homem sente prazer em seu corpo durante mais tempo, por isso, você pode estimulá-lo um pouco mais, de forma mais delicada, pois o pênis estará mais sensível você poderá recorrer às suas mãos ou suaves carícias e beijos em suas zonas erógenas.

Para casais, é importante que haja uma previa comunicação antes do sexo, para que vocês possam definir os pontos fortes de ambos e também, deixar claro o gosto e as preferências sexuais de ambos na cama. Quando ambos estão em pleno acordo em relação às fantasias sexuais um do outro, tudo se encaixa e o resultado é um orgasmo poderoso, dele e seu.

Para maximizar o orgasmo masculino, a regra é clara, aumentar a excitação. Alguns truques simples e manobras certeiras farão com que tenha êxito, maximizando os estímulos em todos os sentidos e fazendo com que seu parceiro tenha um orgasmo super poderoso.


Orgasmo Seco

Esse orgasmo nos remete aos orgasmos múltiplos masculinos. Assim como mencionado anteriormente, quando um homem não ejacula, ele não passa pelo período refratário, que é o tempo que o homem necessita, para conseguir uma nova ereção. Sem contar que quando o homem ejacula, ele gasta muita energia e se ele não for mais nenhum adolescente, pode levar longos minutos, até uma hora, para que ele possa retomar o sexo.

Quando o homem passa a dominar seu músculo PC, ele consegue bloquear a ejaculação e liberar somente o orgasmo. Esse orgasmo costuma ser muito mais longo e intenso que o orgasmo ejaculatório. E como não há período refratário, ele poderá continuar a penetração sem problemas e atingir quantos orgasmos desejar até decidir ejacular.

O treinamento consiste em treinar e fortalecer o músculo PC. Mas é preciso cautela paciência e muita determinação, pois assim como qualquer músculo, ele fica dolorido quando exercitado constantemente e nem sempre é fácil saber o momento exato de contrair o músculo para bloquear a ejaculação. É importante que você tenha em mente, que irá falhar inúmeras vezes até que finalmente atinja seu objetivo. O importante é não desanimar.


Homens também têm dificuldades em atingir o Orgasmo.

Quando o assunto é a sexualidade do homem, muito se falar em impotência sexual e ejaculação precoce. Mas quem pensa que é só as mulheres que tem dificuldades em atingir o orgasmo, esta enganado. Assim como acontece com as mulheres, os homens também têm dificuldades de chegar lá. Na área médica, ela é denominada como transtorno orgástico masculino.Os homens que apresentam esse problema, pode facilmente ter uma ereção e até ter uma relação sexual, porém, por algum motivo, não consegue atingir o orgasmo.

comentários por Disqus